Compartilhe

Veja o que todo gestor escolar deve priorizar no início do ano letivo

Escrito por Hillary Moraes

Veja o que todo gestor escolar deve priorizar no início do ano letivo

Dentre suas muitas atribuições, os gestores escolares precisam estruturar um bom planejamento para obter os melhores resultados possíveis ao longo de um novo ano. E uma das maiores responsabilidades do gestor é assegurar que a dedicação para seguir o planejamento comece desde o início do ano.

Afinal, algumas simples ações podem determinar como será o restante do período letivo. Por isso, reunimos neste artigo alguns aspectos importantes para gestores escolares priorizarem e analisarem no início do ano, contribuindo para garantir que a instituição de ensino atinja seus principais objetivos.

Leia também: Descubra como a matrícula on-line auxilia na captação de alunos

Importância de seguir um planejamento estratégico

O planejamento estratégico é o processo de definir metas e mobilizar os recursos necessários para realizar diversas ações importantes para uma organização. Para uma instituição de ensino, a capacidade de criar e executar um plano estratégico é essencial.

Afinal, um bom planejamento pode melhorar os resultados dos professores, alunos e até mesmo a reputação da escola. Portanto, é importante ser cuidadoso e elaborar um plano estratégico com as atividades acadêmicas, pedagógicas e financeiras que facilitarão atingir os objetivos desejados.

A primeira etapa de um bom planejamento é fazer um levantamento do que já foi feito em anos anteriores e o que se espera para o futuro da instituição. Dessa forma, é possível determinar estratégias para alcançar os objetivos pretendidos. Neste momento, é interessante pensar na sua equipe, na infraestrutura, no índice de captação e retenção de alunos, nas finanças e em todos os fatores relevantes para o sucesso da instituição de ensino.

Dicas de ações que devem ser priorizadas no início do ano letivo

1. Integrar a equipe nos processos

Uma prioridade na preparação para a volta às aulas é se conectar com a equipe escolar. Reconhecer as pessoas e dar a devida importância ao seu trabalho ajuda a fortalecer a cultura de colaboração, fortalecendo os esforços direcionados para melhorar processos do dia a dia de trabalho, o que também acaba impactando positivamente os alunos.

Ademais, é indispensável que o planejamento seja compreendido por todos os membros da equipe escolar para que as ações tenham sucesso. Os líderes devem confiar em suas equipes para tomar as decisões certas, colocando todos à par dos objetivos da instituição e dando abertura para compartilhamento de ideias, sugestões e feedbacks. O planejamento participativo fortalece práticas democráticas e contribui para construção de relacionamentos sólidos.

Saiba como engajar e motivar os professores da sua instituição de ensino

2. Estruturar uma comunicação eficiente

A comunicação interna e externa eficiente faz toda a diferença na rotina de uma instituição de ensino. A falta de um plano de comunicação pode resultar em problemas prejudiciais ao andamento do ano escolar, como falta de engajamento por parte de funcionários, alunos e pais.

Algumas ações que podem ser planejadas para estruturar uma comunicação eficiente envolvem desde a definição dos canais de comunicação utilizados pela escola (e-mail e aplicativo escolar) até planejar o que será comunicado regularmente (informações do desempenho dos alunos, novidades da instituição, eventos).

3. Se aproximar da comunidade escolar

O envolvimento com a comunidade escolar deve ser visto como um processo contínuo e essencial para o bom andamento do ano letivo. Afinal, manter uma comunicação próxima é imprescindível para estreitar laços entre alunos, professores e escolas.

Esse vínculo é essencial para captação e retenção de alunos, além de ter impacto até mesmo no desempenho escolar dos estudantes. Uma ótima forma de colocar isso em prática também é aplicando pesquisas de satisfação no fim do ano, separando um tempo para analisar os resultados e levar questões levantadas pelos alunos e pais em consideração no momento de planejar o novo período letivo.

Confira 5 ações para fortalecer o vínculo com a comunidade escolar

4. Avaliar investimentos a serem feitos

Realize o mapeamento financeiro da sua instituição de ensino, incluindo qual o capital disponível em caixa, e verifique se há pontos de melhorias onde parte desse capital pode ser investido. Esses investimentos podem ser na própria infraestrutura da escola, aquisição de materiais diversos ou modernização do ambiente escolar, por exemplo.

Algumas mudanças são fundamentais para captar mais alunos e reter os estudantes que já estão matriculados, além de causar uma melhoria na imagem da instituição aos olhos da comunidade escolar.

5. Otimizar processos com ajuda da tecnologia

Na educação, a tecnologia possui um papel importante para simplificar processos e atividades nas instituições de ensino, otimizando desde a gestão até a comunicação escolar. Além disso, também pode ser utilizada para aprimorar o processo de ensino e aprendizagem.

O período de férias escolares e início do ano é estratégico para a implantação ou troca de tecnologias como um sistema de gestão escolar e aplicativo escolar, por exemplo. Afinal, quando as aulas retornarem, as novas tecnologias já teriam sido implementadas e estariam prontas para o uso.

É válido lembrar que o iScholar é um sistema de gestão completo que possui recursos capazes de otimizar processos de todos os setores de uma instituição de ensino. Saiba tudo o que o iScholar pode fazer por sua gestão escolar clicando aqui.

Gostou desse blogpost? Compartilhe com quem você acha que pode se interessar!

Aguarde nossos próximos conteúdos e nos siga nas redes sociais

Facebook | Instagram

Até a próxima!